Brasileiros podem participar de edital da União Europeia para pesquisas no Atlântico

Brasileiros podem participar de edital da União Europeia para pesquisas no Atlântico

Pesquisadores brasileiros podem se beneficiar com um edital no valor de 33 milhões de euros lançados pela União Europeia para financiar pesquisas no Oceano Atlântico. A chamada foi lançada no âmbito do programa Horizon 2020.

O edital é o primeiro passo para a implementação dos compromissos assumidos pelos países na Declaração de Belém, assinado por Brasil, Portugal e África do Sul, e atende aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, das Nações Unidas, especialmente o item 14, de “conservar e usar sustentavelmente os oceanos, os mares e os recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável”.

De acordo com o coordenador-geral de Oceanos, Antártica e Geociência do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Andrei Polejack, a participação de brasileiros no edital foi possível graças ao interesse do País em apoiar esforços para criar um plano de desenvolvimento científico para o Atlântico Sul, a partir do trabalho conjunto dos pesquisadores.

“O programa de trabalho europeu reflete quatro anos de negociações que muito contaram com nossos cientistas, que trouxeram o que se desejava para esta cooperação. Assim, dá-nos imensa satisfação agora poder retornar a essa comunidade com um resultado concreto dessa dedicação, com possibilidades reais de intensificação da cooperação internacional e de projetos de pesquisa que considerem o Atlântico como um só sistema, de polo a polo”, afirmou.

Polejack também disse que está pronto para atender pesquisadores brasileiros interessados em parcerias com grupos da África do Sul e da Europa.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *