Centro de recuperação Águas Vivas promove torneio de pênaltis

Centro de recuperação Águas Vivas promove torneio de pênaltis

Os Centros de Recuperação e Comunidades Terapêuticas prestam serviço às pessoas com transtornos decorrentes do uso, abuso ou dependência de substâncias psicoativas. Como a maioria das instituições dessa natureza, o Centro de Recuperação Águas Vivas, de Criciúma, não tem fins lucrativos. A sua sustentabilidade econômica e financeira depende de doações e do trabalho de voluntários, mas que ainda não suprem na totalidade as demandas.  As famílias que possuem condições financeiras pagam uma mensalidade, no entanto na maioria dos casos isso não acontece, já que cerca de 80% são procedentes de famílias de baixa renda.

foto alojamento foto fachada

Com foco em arrecadar recursos para sua manutenção e para o pagamento de despesas básicas como água e energia, o centro realiza no domingo, 09 de junho, um torneio de pênaltis. A competição será realizada na sede da instituição, que fica no bairro Capão Bonito, em Criciúma, das 8h da manhã.

 O torneio será para duplas que competirão em duas traves. A inscrição custa R$ 20,00 por dupla, não tem limites de inscritos e podem ser feitas no dia do evento. As inscrições antecipadas podem ser feitas antecipadamente no link: https://bit.ly/2Yd9rOZ. Os participantes que se inscreverem no site irão concorrer a uma camisa oficial do Criciúma autografada, o sorteio será realizado na sexta-feira, 07 de junho.

A competição é aberta ao público, no domingo serão vendidos lanches e refrigerantes todo o valor arrecadado com a venda será revertido para a manutenção do Centro de Recuperação. Já os recursos levantados com as inscrições das duplas serão divididos, 50% para a instituição e 50% para a premiação das três duplas vencedoras do torneio. Respectivamente 25% para o primeiro lugar, 15% para o segundo e 10% para o terceiro colocado.

 Desde sua fundação o Centro de Recuperação Águas Vivas já tratou quase 500 pessoas. A entidade iniciou os trabalhos com capacidade para apenas quatro pessoas, hoje atende 16 pessoas e normalmente está lotada

Jnine Limas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *