Comitê Araranguá completa 17 anos de ações pela preservação das águas no Sul catarinense

Comitê Araranguá completa 17 anos de ações pela preservação das águas no Sul catarinense

Data é lembrada nesta terça-feira, 11, e expectativa é que 2019 seja um ano de diversas novas realizações

Luiz Leme - Presidente do Comitê Araranguá Rio Araranguá e o mar - Crédito - Willians Biehl

Trabalhando a sensibilização da sociedade na busca pela preservação dos rios, lagos e lagoas de grande parte do Sul catarinense, o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Araranguá e Afluentes Catarinenses do Rio Mampituba comemora 17 anos nesta terça-feira, 11. Ao longo de todo esse tempo foram realizadas diversas ações que, por sua vez, contribuíram para que a gestão da água fosse debatida em diversos setores de planejamento estratégico.

Para o presidente do Comitê, Luiz Leme, chegar aos 17 anos é resultado da mobilização de todos os membros. “Nosso principal papel é atuar pela preservação da água, buscando harmonia com o uso que a sociedade faz desse bem tão precioso. Todos contribuíram para que completássemos mais um ano de existência e, com certeza, continuarão firmes para que nossas ações sigam adiante. Com os recursos que temos, vamos trabalhar para nossas oficinas de capacitação darem certo e para que as metas do Plano de Bacias possam efetivamente sair do papel”, ressalta.

O vice-presidente, Sérgio Marini, acrescenta que, apesar das dificuldades, 2018 foi um ano de superação para o Comitê. “Conseguimos distribuir em torno de duas mil mudas de árvores na Bacia Hidrográfica do Rio Araranguá, por meio do Projeto Ingabiroba; participamos da mediação de conflitos, que foram resolvidos de forma amigável; e conseguimos consolidar a Associação de Proteção da Bacia Hidrográfica do Rio Araranguá (AGUAR), que foi aprovada e aceita como Entidade Executiva”, complementa.

Integração dos afluentes do Rio Mampituba

Além disso, o Comitê já teve reconhecida a ampliação de sua área para os Afluentes Catarinenses do Rio Mampituba, passando para 22 municípios abrangidos, com mais de quatro mil quilômetros quadrados – todo o Extremo Sul catarinense e parte da Região Carbonífera.

“Um ponto bastante importante para toda a região, uma vez que, com isso, houve também um bom avanço na discussão junto ao Comitê gaúcho, sobre a elaboração do Plano de Bacias do Rio Mampituba, e a discussão das responsabilidades de cada Comitê no desenvolvimento das ações futuras para os processos de gestão”, completa a assessora técnica do Comitê Araranguá, engenheira ambiental Michele Pereira da Silva.

Com essa integração, passam a fazer parte do Comitê Araranguá os municípios de Araranguá, Balneário Arroio do Silva, Balneário Rincão, Ermo, Jacinto Machado, Maracajá, Meleiro, Morro Grande, Timbé do Sul, Turvo, Criciúma, Forquilhinha, Içara, Nova Veneza, Siderópolis, Treviso, Praia Grande, São João do Sul, Santa Rosa do Sul, Balneário Gaivota, Passo de Torres e Sombrio.

Retomada das atividades

Com a liberação de recursos por parte do Governo do Estado neste fim de ano, o Comitê Araranguá está retomando os encaminhamentos das ações definidas no Plano de Bacias. “Em 2019 vamos focar na capacitação dos membros, para que reconheçam a importância do processo de gestão dos recursos hídricos e a articulação para proteção dos mananciais, bem como ações estratégicas e planejadas de educação ambiental em escolas e instituições, para que a sociedade continue reconhecendo o Comitê como um importante e articulador, sempre pensando na proteção das águas”, reforça Michele.

Em relação à mediação de conflitos, para 2019 se espera um considerável avanço no que diz respeito à atuação do Comitê. “Estamos nos organizando com mais estrutura e vamos atender as necessidades, principalmente no Ministério Público Federal”, afirma Marini.

Por fim, o que também deve ser concluído no próximo ano é o processo de outorga da água, já implantado em um projeto piloto no Sul catarinense. “Foi a ação mais importante do ano. A outorga está consolidada e definida, consideramos uma grande conquista para 2018, que terá prioridade para conclusão em 2019”, aponta o vice-presidente.

Aberto à sociedade

Interessados em saber mais sobre as atividades do Comitê podem acessar o blog: comitebaciaararangua.blogspot.com.br. Outras informações pelo contato (48) 3529-0312 ou email: comiteararangua@gmail.com.

Mais informações e entrevistas: Luiz Leme – (48) 99985-2265 ou Sérgio Marini – (48) 99918-6478

Franciele Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *