Cultura e história na Sapucaí: conheça o Museu Nacional do Rio de Janeiro

Cultura e história na Sapucaí: conheça o Museu Nacional do Rio de Janeiro

Neste ano, o desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro enfeitou a avenida com homenagens aos 200 anos de uma das instituições mais importantes de história natural e antropológica da América Latina. A escola de samba Imperatriz Leopoldinense escolheu, como tema de sua apresentação, o Museu Nacional do Rio de Janeiro, vinculado à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

O enredo, intitulado Uma Noite Real no Museu Nacional, foi inspirado na mais antiga instituição científica do Brasil, criada em 1818. Até a proclamação da República, em 1889, o prédio onde fica o museu foi também a residência oficial da família imperial. Em 1938, o museu foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). De acordo com o Ministério da Cultura, além do museu em si, o acervo também conta com itens tombados: a Coleção Arqueológica Balbino de Freitas. A coleção reúne materiais construídos por populações que viveram na costa brasileira entre 8 mil anos atrás e o início da era cristã.

Desde sua criação, o Museu Nacional só cresceu e, hoje, o acervo é rico em quantidade e qualidade: são cerca de 20 milhões de itens de coleções conservadas e estudadas por diversos departamentos da UFRJ. A estrutura conta com: Horto Botânico; Biblioteca Central (com 470 mil obras); e Biblioteca Francisca Keller, que possui o mais completo acervo de literatura antropológica do País.

Foto: Arquivo/Museu Nacional UFRJ

Cultura e ciência na Sapucaí: conheça o Museu Nacional do Rio de Janeiro

 

Bicentenário

Em comemoração aos 200 anos da instituição, o museu deve ampliar sua estrutura física e aumentar o público que recebe, de 300 mil para um milhão de visitantes por ano.

A programação também será comemorativa. De acordo com o Ministério da Cultura, o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) prepara um calendário de eventos ao longo do ano, com uma programação especial.

Quer conhecer?

Endereço: Quinta da Boa Vista, Bairro Imperial de São Cristóvão, Rio de Janeiro

Ingressos: R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia)

Telefone: (21) 3938-1100/1123

Gratuidade: crianças até 5 anos e pessoas com deficiência (Entrada gratuita todos os dias a partir das 16h).

Site: www.museunacional.ufrj.br

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Ministério da Cultura, doMuseu Nacional/UFRJ e da Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *