Representantes de vários países debatem cultura e artes no Mercosul

Representantes de vários países debatem cultura e artes no Mercosul

Políticas públicas culturais, troca de informações e experiências bem-sucedidas para as artes foram debatidas nesta sexta-feira (10) durante reunião entre representantes dos países do Mercosul e mais sete países da América do Sul. Neste semestre, o governo brasileiro exerce a presidência Pro-tempore do Mercosul Cultural, por meio do Ministério da Cultura (MinC).

A VI Reunião da Comissão de Artes é conduzida pela Fundação Nacional de Artes (Funarte) e ocorre no Rio de Janeiro. O encontro reúne representantes dos setores artísticos de quatro Estados-membros do Mercosul (Brasil, Uruguai, Paraguai e Argentina) e de países como o Chile, a Bolívia, a Colômbia, o Equador, a Guiana, o Peru e o Suriname.

As propostas serão encaminhadas à XLII Reunião de Ministros da Cultura (RMC), que será realizada em 1º de dezembro, no Rio de Janeiro.

Temas

  • Atualização do regulamento do Prêmio Mercosul de Artes Visuais;
  • Planejamento do Mapa de Festivais Internacionais da Região;
  • Continuidade dos trabalhos do Mapa de Residências artísticas do Mercosul;
  • Intercâmbio de boas práticas sobre políticas, programas e ações em curso voltadas ao fomento das artes, ao incentivo à produção e à capacitação, ao desenvolvimento de pesquisa e à formação de público para as artes;
  • Proposta Plano de Ação do Mercosul Cultural 2018-2020 – aprovação do eixo referente à Comissão de Artes.

Mercosul Cultural

O Mercosul Cultural foi criado em 1998 com o intuito de fortalecer e intensificar o debate sobre políticas públicas de cultura. Por meio de encontros, é possível discutir o intercâmbio, a troca de experiências bem-sucedidas, integração entre os países, promoção artística e a valorização da diversidade cultural.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Ministério da Cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *